Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular

Medicina Ortomolecular

A Medicina Ortomolecular, ou Medicina Preventiva Ortomolecular, propõe-se a dar às células exatamente o que elas precisam, por meio de uma alimentação adequada e do uso de suplementos alimentares, quando necessário. Esses suplementos são, basicamente, vitaminas, sais minerais, aminoácidos, enzimas e hormonas.

O seu papel é fundamental para as células do corpo se manterem saudáveis e desempenharem bem as suas funções.
Se pensar que o corpo humano possui cerca de 60 triliões de células e que cada uma delas precisa estar adequadamente nutrida para fazer seu trabalho, perceberá o quanto a Medicina Ortomolecular é importante na prevenção e no tratamento dos problemas de saúde e na manutenção do equilíbrio conquistado. Um organismo mal nutrido reage com dificuldade às agressões cada vez mais fortes da vida moderna. E torna-se alvo fácil de doenças e de envelhecimento precoce.

Os principais vilões que nos empurram para situações de stresse físico e mental são a competição a que estamos sujeitos, a poluição ambiental, a exposição a campos eletromagnéticos, o excessivo consumo de doces, de gorduras saturadas, de alimentos refinados, industrializados, com substâncias tóxicas como corantes, conservantes, e ainda hormonas e antibióticos, que costumam estar presentes em alguns produtos.

O seu corpo precisa estar preparado para enfrentar essas situações, o que exige uma demanda maior de nutrientes. E a alimentação, por si só, nem sempre consegue dar conta do recado. É aí que a Medicina Ortomolecular mostra sua eficiência, porque dá às células o que elas precisam para reequilibrar o organismo.